Segunda, 24 de Janeiro de 2022 00:00
77981182798
Agronegócio Milho

Milho abre 2022 com manutenção de preços firmes com oferta curta

.

10/01/2022 18h13
1.013
Por: F. Silva Fonte: Portal do Agronegócio
Milho abre 2022 com manutenção de preços firmes com oferta curta

A primeira semana do ano foi marcada por firmeza nas cotações, diante de uma oferta limitada e com boa procura por parte dos compradores. Seguem as apreensões com a oferta da safra de verão com o clima desfavorável no Sul, especialmente no Rio Grande do Sul.

Segundo o consultor de SAFRAS & Mercado, Paulo Molinari, segue a mesma linha de boa demanda. Nesta primeira semana, as ofertas que vão surgindo aparecem a preços mais altos. E quem precisa comprar para seu abastecimento paga mais caro pouco a pouco.

No balanço dos últimos sete dias, nesta primeira semana do ano, entre as quintas-feiras 30 de dezembro e 06 de janeiro, o milho em Campinas/CIF na venda subiu de R$ 96,00 para R$ 97,00 a saca, com alta de 1,0%. Na região Mogiana paulista, o cereal na venda avançou de R$ 93,00 a saca para R$ 94,00 a saca, elevação de 1,0%.

Em Cascavel, no Paraná, no comparativo semanal, o preço subiu de R$ 92,00 para R$ 97,00 a saca, valorização de 5,4%. Em Rondonópolis, Mato Grosso, a cotação passou de R$ 80,00 para R$ 82,00, alta de 2,5%. Já em Erechim, Rio Grande do Sul, o valor se manteve em R$ 100,00 a saca.

Em Uberlândia, Minas Gerais, a cotação subiu de R$ 90,00 para R$ 92,00 a saca, aumento de 2,2%. Em Rio Verde, Goiás, o mercado avançou de R$ 84,00 para R$ 85,00, elevação de 1,2%.

 

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.