Domingo, 23 de Janeiro de 2022 23:37
77981182798
Polícia Estupro

Menina de três anos de idade morta em Luís Eduardo Magalhães foi vítima de estupro

O laudo da perícia atestou que uma menina de três anos morta em Luís Eduardo Magalhães, nesta segunda-feira (3), foi mesmo vítima de estupro. Responsável pelas investigações do crime, o delegado Joaquim Rodrigues, relata que a menina sofreu ainda lesões internas no baço, fígado e pulmão. Segundo o g1, documento, divulgado nesta terça-feira (4), aponta ainda que o abuso sexual aconteceu há 15 dias e provocou uma embolia pulmonar na criança. O delegado informou que o caso aconteceu por volta das 15h30, na localidade conhecida como "Vila São Pedro", na zona rural de Formosa do Rio Preto, cidade a cerca de 240 km de LEM. A menina, de prenome Ilana, foi socorrida com vida para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA) de Luís Eduardo Magalhães. A menina, que completaria 4 anos, em março

04/01/2022 21h28 Atualizada há 3 semanas
1.029
Por: F. Silva Fonte: Bahia Notícias
Menina de três anos de idade morta em Luís Eduardo Magalhães foi vítima de estupro

O laudo da perícia atestou que uma menina de três anos de idade morta em Luís Eduardo Magalhães, nesta segunda-feira (3), foi mesmo vítima de estupro. Responsável pelas investigações do crime, o delegado Joaquim Rodrigues, relata que a menina sofreu ainda lesões internas no baço, fígado e pulmão.

 

Segundo o g1, documento, divulgado nesta terça-feira (4), aponta ainda que o abuso sexual aconteceu há 15 dias e provocou uma embolia pulmonar na criança.

 

O delegado informou que o caso aconteceu por volta das 15h30, na localidade conhecida como "Vila São Pedro", na zona rural de Formosa do Rio Preto, cidade a cerca de 240 km de LEM. A menina, de prenome Ilana, foi socorrida ainda com vida para a Unidade de Pronto Atendimento (UPA), de Luís Eduardo Magalhães.

 

A menina, que completaria 4 anos, em março, foi atendida, medicada e intubada, mas não resistiu. Até o momento, não há informações sobre suspeitos. As pessoas próximas à vitima também serão ouvidas durante as apurações.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.