Domingo, 21 de Julho de 2024 06:35
77981182798
Esportes Boxe

Hebert Conceição descarta revanche com Esquiva Falcão: "Aceita que dói menos"

Campeão olímpico de boxe foi o convidado do podcast Mundo da Luta desta semana e comentou duelo contra rival em São Paulo.

01/07/2024 12h44
Por: F. Silva Fonte: Portal Combate.com
Hebert Conceição descarta revanche com Esquiva Falcão: "Aceita que dói menos"

O Spaten Fight Night no dia 15 de junho teve o terceiro capítulo entre Anderson Silva e Chael Sonnen, mas a grande luta da noite ficou na vitória de Hebert Conceição sobre Esquiva Falcão. E no episódio 289 do podcast Mundo da Luta, o medalha de ouro nas Olimpíadas de Tóquio falou sobre o confronto e recusou a possibilidade de uma revanche. Segundo ele, uma nova luta só seria possível caso o confronto inicial tivesse sido equilibrado.

  • É igual àquele time que está vencendo de goleada e leva um gol quando está no final, que bota a garotada para jogar. Teve gente dizendo que eu corri, mas o boxe é a arte de tocar e não ser tocado. Não iria fazer igual ao ucraniano nas Olímpiadas. Eu soube conduzir a luta com maestria. Não tem brecha para revanche. Ele disse que treinou só três semanas, mas isso é um problema dele. Eu não posso denominá-lo como atleta, eu sou um atleta. Se eu não tenho luta, eu estou treinando. Se ele não treina quando não tem luta, ele é lutador e não atleta. Ele sabia do evento há três meses. Eu me mantive treinando. Se ele não treinou é problema dele. Agora vai ficar chorando na internet pedindo revanche. Os amigos dele ficam acobertando. As pessoas se surpreenderam achando que seria uma luta difícil por eu ter poucas lutas. A gente (equipe), sabia que tinha condições de fazer uma luta muito superior. Quem assistiu às lutas dele viu que ele tinha várias deficiências. Só não enxerga quem é cego. Não vai ter a revanche nunca, só me der um dinheiro que vá mudar minha vida - disse Hebert, em conversa com os jornalistas Marcelo Russio, Adriano Albuquerque e Gleidson Venga.
  • Antes do combate, Hebert e Esquiva trocaram muitas provocações, com algumas ofensas. Segundo Conceição, esta prática não faz parte do seu perfil, mas mostrou-se necessária para esta luta e para alimentar a rivalidade. O pugilista revelou que não pensa em fazer novamente caso não tenha um confronto em estilo parecido.
  • Aprendi que dá certo, sim. Promove a luta, mas no meu caso e do Esquiva é uma rivalidade verdadeira, não só pela promoção da luta. Se estendeu para uma coisa maior. Não sou um atleta polêmico, não é meu perfil. Foi um caso específico. Ele, sim, é um cara polémico, de marketing, que adora aparecer. Usei o feitiço contra o próprio feiticeiro.
  • A vitória de Hebert Conceição lhe rendeu o cinturão brasileiro, que tem pouco valor representativo comparado à medalha de ouro olímpica conquistada nos Jogos de Tóquio-2020. O boxeador, contudo, afirmou que o reconhecimento abre portas para novas lutas e que espera disputar um cinturão mundial em breve.
  • Sensação de que dá para alcançar coisas grandes no boxe profissional. O cinturão foi simbólico, mas representa muito. É um gostinho especial. Uma forma de valorizar o esporte no Brasil. É um prazer ter o cinturão do Conselho Nacional. Minha missão é fazer o esporte crescer e ter mais visibilidade. A sensação é que é o primeiro de muitos. Não tem muita relevância internacional, mas vou guardar com carinho. Espero que abra portas para outras conquistas. Essa vitória me aproxima ainda mais de brigar por coisas maiores. Vou desfrutar, treinar ainda mais, pois o grau de dificuldade vai aumentar, e estar preparado para quando chegar a oportunidade de disputar o cinturão mundial.
  • Do Portal Combate.
Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.