Domingo, 21 de Julho de 2024 08:06
77981182798
Esportes Futebol

Vitória bate o Fluminense no Maracanã, quebra jejum e sai da zona de rebaixamento

Com o placar de 1 x 0, Leão foi a 12 pontos na tabela; Janderson marcou no fim o único gol da partida

27/06/2024 22h21
Por: F. Silva Fonte: Portal Metro1
Vitória bate o Fluminense no Maracanã, quebra jejum e sai da zona de rebaixamento

Quase 10 anos depois, o Vitória voltou a vencer o Fluminense no Maracanã, em duelo direto contra a zona de rebaixamento. Nesta quinta-feira (27), o tabu foi quebrado com gol salvador de Janderson no fim do confronto. Com o resultado na 12ª rodada, o Rubro-Negro foi a 12 pontos e pulou para a 15º posição. 

As equipes fizeram uma partida equilibrada no primeiro tempo, mas sem grandes ações ofensivas. Na volta do intervalo, o jogo seguiu sem jogadas de qualidade, mas o Leão foi letal após Zé Hugo puxar contra-ataque e deixar Janderson na boa para marcar.

Agora, o Vitória volta a campo às 18h30 do próximo domingo (30), quando recebe o Athletico Paranaense no Barradão. A partida é válida pela 13ª rodada.

O JOGO

Primeiro tempo

Partida equilibrada no Maracanã, mas sem grandes ações ofensivas. Com o meio-campo "congestionado", as equipes optaram por jogar mais pelos lados - por coincidência, o esquerdo. O Fluminense assustou logo aos cinco minutos após boa jogada individual de Keno, mas Lucas Arcanjo fez grande defesa e seguiu salvando em outras oportunidades, como no chute de Cano no fim da primeira etapa. Já o Vitória foi bastante incisivo com PK e Osvaldo, porém abusou dos cruzamentos que não resultaram em nada. O Rubro-Negro fez um bom jogo de construção com os zagueiros e soube aproveitar alguns espaços nas costas da defesa carioca. Zero a zero no placar antes do intervalo.

Aos cinco minutos, PK avançou pela esquerda e cruzou para a área. Matheuzinho tentou completar o lançamento, mas foi atrapalhado pela defesa do Fluminense.

Keno recebeu na lateral aos 10, driblou Willean Lepo e partiu em direção à área. Após invadir, o atacante bateu rasteiro e Lucas Arcanjo caiu para defender.

Aos 23 minutos, Gabriel Pires errou na saída de bola, Alerrandro recuperou e bateu forte, mas Fábio segurou firme.

Que perigo! Osvaldo cruzou da esquerda aos 30, o goleiro carioca saiu do gol e cortou a bola, que ainda ficou na área, mas a defesa afastou.

Gabriel Pires arriscou de longe aos 35 minutos, porém Lucas Arcanjo, em dois tempos, fez a defesa.

Boa chegada! Terans e Ganso tabelaram pela esquerda e o camisa 10 cruzou na segunda trave para Cano, que finalizou de primeira. Bem posicionado, o goleiro rubro-negro espalmou para escanteio.

Segundo tempo

O Fluminense voltou melhor para a segunda etapa, com mais volume de jogo e dominando as ações. Lucas Arcanjo trabalhou logo aos seis minutos em boa jogada tramada entre Cano e Marcelo. Já o Vitória apenas se defendia e tentava sair no contra-ataque, mas sem criatividade para construir com qualidade. Porém, em uma dessas tentativas, o gol veio. No fim, Zé Hugo fez bela jogada individual e tocou para Janderson decretar a vitória rubro-negra.

Defesaça! Logo aos seis minutos, Marcelo tocou para Cano, que escorou de volta para o camisa 12 soltar uma bomba e Lucas Arcanjo pular no cantinho para defender.

Gol do Vitória! Zé Hugo fez bela jogada individual, se livrou de quatro marcadores e rolou para Janderson na direta, que chutou cruzado e decretou a vitória rubro-negra.

FICHA TÉCNICA

Fluminense 0 x 1 Vitória
Série A - 12ª rodada
Local:
 Estádio Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Data: 27/06/2024 (quinta-feira)
Horário: 19h
Árbitro: Flávio Rodrigues de Souza (FIFA-SP)
Assistentes: Nailton Júnior de Sousa Oliveira (FIFA-CE) e Miguel Cataneo Ribeiro da Costa (SP)
Quarto árbitro: Lucas Paulo Torezin (PR)
VAR: Wagner Reway (FIFA-ES)

Gol: Janderson (Vitória)  
Cartões amarelos: Gabriel Pires, Samuel Xavier e Alexsander (Fluminense) / Caio Vinícius (Vitória)  

Fluminense: Fábio ©; Samuel Xavier, Antônio Carlos, Thiago Santos e Marcelo (Diogo Barbosa); Martinelli (Renato Augusto), Gabriel Pires (Alexsander) e PH Ganso (John Kennedy); David Terans, Keno (Douglas Costa) e Germán Cano. Técnico: Marcão

Vitória: Lucas Arcanjo; Willean Lepo, Caio Vinícius, Wagner Leonardo © e PK (Raúl Cáceres); Willian Oliveira, Luan Santos (Zé Hugo), Léo Naldi e Matheuzinho (Jean Mota); Osvaldo (Eryc Castillo) e Alerrandro (Janderson). Técnico: Thiago Carpini.

Do Metro1.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.