Domingo, 21 de Julho de 2024 07:25
77981182798
Polícia Chacina

Sobe para 8 número de mortos na chacina em Viçosa; Mulher pode ter sido o alvo

O secretário de Segurança Pública, Roberto Sá, afirmou que somente após as investigações será possível confirmar a motivação do crime.

23/06/2024 20h42
Por: F. Silva Fonte: F. Silva
Sobe para 8 número de mortos na chacina em Viçosa; Mulher pode ter sido o alvo

A chacina ocorrida na madrugada da última quinta-feira, 20, na Praça Clóvis Beviláqua, em Viçosa do Ceará, resultou em sete mortos e dois feridos. Entre as vítimas estava Ana Caroline de Sousa Rocha, de apenas 23 anos de idade, parece ter sido o principal alvo dos criminosos. Ela, ao lado de Júlio Félix Rodrigues, de 24 anos, tinha antecedentes criminais.

Ana Caroline era monitorada por tornozeleira eletrônica, tinha um histórico de envolvimento em tráfico de drogas e homicídios. Recentemente, ela havia sido presa duas vezes: em 2022, suspeita de homicídio, e em outubro deste ano, por posse de drogas e um revólver. Ela também era investigada como mandante de um assassinato ocorrido em abril.

A Polícia Civil investiga se a chacina foi motivada pela disputa entre facções criminosas, especificamente o Primeiro Comando da Capital (PCC) e o Comando Vermelho (CV). Uma fonte policial indicou que integrantes do PCC são os principais suspeitos, possivelmente em um contexto de conflito territorial com o CV.

O secretário de Segurança Pública, Roberto Sá, afirmou que somente após as investigações será possível confirmar a motivação do crime.

Três homens foram presos após a chacina suspeitos de tráfico de drogas e porte de uma arma de fogo artesanal, mas foram liberados provisoriamente e não foram formalmente acusados de envolvimento na chacina. Um dos suspeitos sugeriu que o crime foi cometido por membros do PCC de Tianguá, que já haviam ameaçado tomar o controle de Viçosa. Ele também afirmou que Ana Caroline traficava drogas para o CV e possivelmente estava sendo monitorada pelos criminosos.

A chacina vitimou, além de Ana Caroline e Júlio Félix, André Madeira Olivindo Júnior, de 21 anos; Francisco Luan Brito da Silva, de 26 anos; Geovane de Amorim Silva, de 18 anos; Ingrid Ivine de Souza Rocha, de 16 anos; e Isamara de Sousa Rodrigues, de 25 anos. Ádrian Matheus Brito dos Santos, de 23 anos, também baleado no ataque, morreu na sexta-feira, 21, após não resistir aos ferimentos graves.

A Secretaria da Segurança Pública e Defesa Social (SSPDS), informou que Viçosa recebeu reforço de policiais militares, civis e profissionais de inteligência para investigar o caso. As investigações continuam, e nenhum suspeito da chacina foi preso até o momento.

Fonte: F. Silva/Elias Lacerda.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.