Domingo, 21 de Julho de 2024 06:27
77981182798
Política Emerson Cardoso

Emerson Cardoso declara Tito como o mais preparado para assumir a prefeitura de Barreiras

Emerson reiterou seu compromisso com a cidade e a necessidade de priorizar o bem-estar da população, avançando não apenas na infraestrutura, mas também na qualidade dos serviços públicos

19/06/2024 15h20
Por: F. Silva Fonte: Caso de Política
Emerson Cardoso declara Tito como o mais preparado para assumir a prefeitura de Barreiras

No início da tarde desta terça-feira, 18 de junho, Emerson Cardoso (Avante), atual vice-prefeito de Barreiras e pré-candidato a prefeito na chapa encabeçada por Tito (PT), concedeu uma entrevista ao radialista Marcelo Ferraz, da Rádio Oeste FM. Durante a conversa, Emerson destacou que Tito é o nome mais preparado para assumir a prefeitura em 1º de janeiro de 2025, elucidando as razões por trás de sua escolha e a abordagem respeitosa que adotou em relação aos demais adversários políticos.

Emerson foi direto ao ponto ao explicar o motivo de ter desistido de sua própria candidatura a prefeito para apoiar Tito:“O amor incondicional que eu tenho a Barreiras. Eu acho que política é a arte de você unir pensamentos, projetos e, sobretudo, pessoas. Então, acho que nós tivemos um amplo diálogo com todas as forças.” Segundo ele, essa decisão foi tomada após uma série de diálogos e avaliações, considerando que Tito reúne as melhores condições políticas para servir a cidade.

Emerson Cardoso ressaltou que, apesar de ser um jovem na política, traz consigo valores e conhecimentos acumulados durante sua carreira profissional, que inclui um longo período como gerente regional do Sebrae. Ele destacou a importância de uma gestão que consiga estabelecer um diálogo efetivo com os governos estadual e federal para conseguir recursos e evitar endividamentos excessivos:

“Barreiras precisa sair exatamente do isolamento que hoje se encontra. A gente precisa ter um diálogo muito maior […] para que nós possamos ter emendas parlamentares e não ficar um município a mercê apenas de empréstimos.”

Em relação aos outros pré-candidatos, Emerson foi enfático ao afirmar que sempre manteve uma postura de respeito e diálogo aberto, sem criar inimizades:

“A política não me trouxe inimigos, a política me trouxe alguns adversários em determinados momentos. […] Quero mandar um abraço a todos os outros pré-candidatos, que, inclusive, me convidaram também para que nós pudéssemos fazer até uma composição lá na frente.” Essa postura reflete sua visão de que a política deve ser uma arte de agregar, sempre com foco no bem comum da população.

Segundo declarou Emerson, a sua decisão em apoiar Tito foi baseada não apenas em uma análise política, mas também na percepção de um clamor popular:

“Tito foi vereador, foi presidente de câmara, foi deputado federal, por duas eleições, tentou o executivo municipal de Barreiras, e eu percebo que há um clamor da sociedade para que Tito possa realmente ter essa oportunidade.” Ele acredita que a experiência política de Tito, aliada à sua própria capacidade técnica, poderá contribuir significativamente para o desenvolvimento de Barreiras.

Ao ser questionado sobre uma possível pressão do governo do Estado para que desistisse de sua candidatura, Emerson negou qualquer interferência externa:

“Em momento nenhum, muito pelo contrário, quero aproveitar até a audiência do seu programa e falar da maneira sempre respeitosa que o Avante teve comigo.” Ele reforçou que sua decisão foi tomada de forma independente, com foco no melhor interesse de Barreiras.

A entrevista também abordou a questão das dívidas do município e a importância de uma gestão eficiente e dialogada para superar esses desafios. Emerson reiterou seu compromisso com a cidade e a necessidade de priorizar o bem-estar da população, avançando não apenas na infraestrutura, mas também na qualidade dos serviços públicos. Estima-se que hoje, a dívida pública municipal ultrapasse os R$ 900 milhões.

Em sua fala final, Emerson reafirmou seu compromisso com Barreiras e sua confiança na liderança de Tito:

“Eu não tenho dúvida que é o pré-candidato a prefeito Tito quem reúne as melhores condições políticas para poder servir a nossa cidade. […] Eu aceitei o convite para fazer uma composição de chapa, entendendo que o Tito reúne as competências políticas e necessárias para ganhar uma eleição e, junto do povo, vamos fazer o que é de melhor para a nossa cidade.”

A entrevista, carregada de sinceridade e compromisso, demonstra a disposição de Emerson em trabalhar pelo desenvolvimento de Barreiras, sempre com respeito aos adversários e foco no bem-estar coletivo.

Fonte: Caso de Política.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.