Domingo, 16 de Junho de 2024 05:04
77981182798
Polícia Pipito

Chefe da maior milícia do Rio de Janeiro é morto após ação da Polícia Civil

Ele estava na favela do Rodo, em Santa Cruz, Zona Oeste da cidade.

07/06/2024 23h53
Por: F. Silva Fonte: CNN Brasil
Chefe da maior milícia do Rio de Janeiro é morto após ação da Polícia Civil

O miliciano Rui Paulo Estevão, conhecido como 'Pipito', apontando como chefe da maior milícia do Rio de Janeiro, foi morto na tarde desta sexta-feira (7), após confronto com policiais civis cariocas. Pipito era considerado braço direito do miliciano Zinho na hierarquia do crime e, atualmente, o mais procurado do estado.

A morte de Pipito aconteceu na Zona Oeste da cidade, durante uma ação dos agentes da Delegacia de Repressão às Ações Criminosas Organizadas (DRACO) e da Subsecretaria de Inteligência da Polícia Civil, que foram até a favela do Rodo, no bairro de Santa Cruz.

Segundo a polícia, o miliciano apontando como chefe da maior milícia do Rio e que se chama Rui Paulo Gonçalves Estevão, foi baleado durante a ação e socorrido para um hospital da região. Ele não resistiu aos ferimentos.

O governador do Rio de Janeiro, Cláudio Castro, destacou nas redes sociais a ação da polícia: “No momento da prisão, o criminoso atacou os agentes. Houve confronto e ele foi baleado. O recado está dado: vamos continuar combatendo o crime de maneira implacável, seja milícia, tráfico ou qualquer grupo mafioso.”

Da CNN Brasil.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.