Domingo, 16 de Junho de 2024 05:08
77981182798
Política União Brasil

BN Eleições: União Brasil perde prefeitos desde 2020 e busca retomar patamar no pleito deste ano

No último pleito municipal, o União Brasil ainda estava "dividido", já que, em 2022, o Democratas e o PSL realizaram uma fusão para gerar o partido. Com isso, em 2020 o saldo eleitoral foi de 40 prefeituras, chegando neste ano para a disputa com 32 cidades. 

07/06/2024 10h08
Por: F. Silva Fonte: Bahia Notícias
BN Eleições: União Brasil perde prefeitos desde 2020 e busca retomar patamar no pleito deste ano

Principal legenda de oposição ao governo baiano, o União Brasil regrediu em número de prefeituras, desde as eleições de 2020. No último pleito municipal, o União Brasil ainda estava "dividido", já que, em 2022, o Democratas e o PSL realizaram uma fusão para gerar o partido. Com isso, em 2020 o saldo eleitoral foi de 40 prefeituras, chegando neste ano para a disputa com 32 cidades

Apesar disso, o partido ainda é uma das legendas que mais possuem prefeitos, sendo o partido de oposição ao governo da Bahia que governa o maior número de municípios. O União Brasil também detém o comando de 5 das 10 cidades mais populosas da Bahia, com a capital, Salvador, além de Camaçari, Teixeira de Freitas, Barreiras e Vitória da Conquista.

Outros municípios de médio porte também fazem parte da lista de municípios sob a gestão do União Brasil, como: Senhor do Bonfim, Eunápolis e Campo Formoso.  A sigla também formou diretórios municipais em mais de 350 das 417 cidades baianas e mantém pré-candidaturas a prefeito em 12 das 20 maiores cidades baianas.

Recentemente, o presidente estadual do União Brasil e deputado federal, Paulo Azi, indicou ao Bahia Notícias que aposta em um bom desempenho do partido nas eleições de 2024 no estado. “O partido deve ter aí 130 candidatos a prefeito, mais uma série de outros candidatos a vice-prefeito, com a expectativa grande de aumentar a nossa participação em relação à última eleição, no número de prefeitos, mas também no número da população que será governada pelos prefeitos ligados ao União Brasil no próximo ano”, disse.

A legenda também focou em algumas regiões, incluindo a Metropolitana, com uma estratégia apelidada de ‘Cinturão 44’, criada pelo diretório estadual da sigla visando ampliar a influência do União Brasil nas cidades do território. Azi também já afirmou que as alianças do partido também são fruto das administrações que o União Brasil tem feito, sobretudo em Salvador.

Veja cidades comandadas pelo União:

Abaíra, Araçás, Barreiras, Brejolândia, Buerarema, Buritirama, Cairu, Camaçari, Campo Formoso, Conceição do Coité, Eunápolis, Filadélfia, Guaratinga, Ibicaraí, Itagi, Mucuri, Nazaré, Nilo Peçanha, Nova Viçosa, Ourolândia, Quixabeira, Riachão do Jacuípe, Salvador, São Gonçalo dos Campos, Sapeaçú, Senhor do Bonfim, Teixeira de Freitas, Umburanas, Uruçuca, Várzea Nova, Vitória da Conquista e Santa Maria da Vitória.

Do Bahia Notícias.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.