Domingo, 16 de Junho de 2024 05:10
77981182798
Política Janones

Câmara dos deputados arquiva a acusação de "rachadinha" contra Janones

Ricardo Maia (MDB-BA), Márcio Marinho (Republicanos-BA), Paulo Magalhães (PSD-BA) e João Leão (PP-BA), foram os deputados baianos que participaram da sessão. Todos os quatro votaram a favor do arquivamento.

05/06/2024 15h39
Por: F. Silva Fonte: Bahia Notícias
Câmara dos deputados arquiva a acusação de "rachadinha" contra Janones

O Conselho de Ética e Decoro Parlamentar da Câmara dos Deputados decidiu arquivar a acusação de "rachadinha" contra o deputado André Janones (Avante-MG), nesta quarta-feira (5). Ricardo Maia (MDB-BA), Márcio Marinho (Republicanos-BA), Paulo Magalhães (PSD-BA) e João Leão (PP-BA), foram os deputados baianos que participaram da sessão. Todos os quatro votaram a favor do arquivamento.

O parecer do relator Guilherme Boulos (PSOL-SP), que votou pelo arquivamento do caso sob a alegação de que o aliado foi gravado sugerindo o esquema a funcionários quando ainda não estava em vigor seu atual mandato, foi apoiado por 12 deputados. Apenas cinco votaram contra.

Boulos reapresentou sua argumentação nesta quarta, para dizer que não chegou a tratar do mérito da acusação apresentada contra Janones - baseada em gravações nas quais o próprio deputado sugere rachadinha a funcionários - , mas apenas da alegação de que seu aliado tinha sugerido o esquema fora do atual mandato, e, portanto, não poderia perder a cadeira conquistada nas eleições de 2022.

Vale lembrar que Janones se livrou de perder o mandato na Câmara, mas o inquérito que investiga o esquema de rachadinha segue aberto. Em fevereiro, a Procuradoria Geral da República (PGR), concordou com a quebra dos sigilos bancário e fiscal do deputado federal.

Fonte: Bahia Notícias.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.