Domingo, 16 de Junho de 2024 06:33
77981182798
Agronegócio Algodão

Nutrientes Essenciais Impulsionam Desenvolvimento do Algodoeiro: Especialistas da BRQ Brasilquímica

Suplementação de Enxofre e Potássio Potencializa Cultivo de Algodão e Melhora Qualidade das Fibras.

04/06/2024 22h46
Por: F. Silva Fonte: Portal do Agronegócio
Nutrientes Essenciais Impulsionam Desenvolvimento do Algodoeiro: Especialistas da BRQ Brasilquímica

A fase de formação das maçãs do algodoeiro, que representa cerca de 37% do algodão plantado no Brasil, é crucial para a obtenção de fibras de alta qualidade. Nesse contexto, especialistas da BRQ Brasilquímica ressaltam a importância da suplementação de micronutrientes, como enxofre e potássio, para garantir um desenvolvimento saudável da cultura.

Murilo Spina, diretor comercial da BRQ Brasilquímica, destaca que a quantidade de produção não é o único indicador de sucesso na agricultura. O cuidado nutricional com a lavoura desempenha um papel fundamental, especialmente durante a fase de enchimento das maçãs, onde a suplementação de micronutrientes é crucial para o desenvolvimento da planta e a qualidade das fibras.

O enxofre, por exemplo, é essencial para a síntese de compostos fundamentais para o crescimento celular e a estruturação das cápsulas de algodão. Já o potássio desempenha um papel fundamental na manutenção da turgescência celular, na expansão adequada das cápsulas e na acumulação de açúcares, contribuindo diretamente para a qualidade das fibras.

Para atender às necessidades dos produtores nessa fase crucial do cultivo, a BRQ Brasilquímica desenvolveu o fertilizante líquido especial SK 30.30, que contém uma formulação balanceada com 30% de enxofre e 30% de potássio. Sua alta solubilidade permite uma rápida absorção pela planta, contribuindo para a saúde e o desenvolvimento vigoroso do algodoeiro.

Em relação ao panorama da safra, os dados da Conab indicam que o algodão está em fase de maturação em 62% das plantações no Brasil, com apenas 0,4% em floração e os restantes 37% em formação de maçãs. Apesar de uma ligeira queda na produtividade estimada, atribuída ao aumento da área cultivada, as condições climáticas favoráveis têm contribuído para o avanço positivo da safra.

Fonte: Portal do Agronegócio.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.