Domingo, 16 de Junho de 2024 05:15
77981182798
Esportes Borrachinha

Paulo Borrachinha é derrotado por Sean Strickland no UFC 302 e se afasta de nova disputa de cinturão

Brasileiro sofre segundo revés na temporada e tem plano frustrado de retomar condição de desafiante ao título.

02/06/2024 03h05
Por: F. Silva Fonte: Portal Super Lutas
Paulo Borrachinha é derrotado por Sean Strickland no UFC 302 e se afasta de nova disputa de cinturão

Inserido na luta co-principal do UFC 302, realizado neste sábado (1), em Newark (EUA), Paulo Borrachinha não conseguiu cumprir a promessa de superar Sean Strickland. Em luta de cinco rounds, o brasileiro acabou sendo vítima do plano pragmático do ex-campeão dos médios (até 83,9kg.), que impôs volume de golpes e controlou as ações por grande parte do embate. Ao fim de cinco assaltos, o norte-americano foi declarado vencedor na decisão dividida.

A derrota afasta momentaneamente Borrachinha de nova disputa de cinturão. Caso superasse o ‘bad boy’, o atleta assumiria a primeira posição no ranking e ficaria ‘na cara do gol’ por uma nova oportunidade.

Em seu segundo compromisso na temporada, Strickland tem motivos de sobra para celebrar. O desafio contra o brasileiro marcou seu primeiro confronto depois da perda do título contra Dricus Du Plessis.

Agora, o norte-americano volta a sonhar com nova disputa de título no grupo.

A luta começou com Borrachinha tomando a iniciativa com dois chutes baixos. O brasileiro era agressivo e agredia o rival com ataques na longa distância. Strickland seguia sua estratégia conhecida, caminhando para frente e impondo volumes de socos e chutes. Com um minuto passado, Paulo lançou um cruzado que explodiu no rosto de Sean. O norte-americano, no entanto, seguia caminhando na direção do mineiro. A luta era tensa, com Borrachinha reativo, caminhando para trás e lançando ataques. No minuto final, Paulo se desequilibrou após um chute alto e caiu depois de um direto do ex-campeão. O brasileiro ficou de pé, mas o restante do assalto foi de vantagem para o ‘bad boy’.

No segundo round, o primeiro ataque foi de Strickland, com um chute baixo. Borrachinha continuava caminhando para trás, mas, ainda assim, golpeando. Sean tentava acuar o brasileiro e não parava de caminhar na direção do tupiniquim. Conforme os minutos passavam, Strickland passou a acusar os ataques sofridos nas pernas. Paulo seguia focado na estratégia e não se afobava diante do ex-campeão. No minuto final, Borrachinha lançou o famoso chute rodado, que explodiu na guarda do norte-americano. Perto de acabar a etapa, Paulo voltou a se desequilibrar depois de receber um jab, mas não havia mais tempo.

O terceiro assalto começou com os atletas trocando jabs e chutes no centro do octógono. Borrachinha seguia buscando brechas na guarda fechada de Strickland. Depois de um minuto, Sean assustou o brasileiro com sequência de cruzados e diretos. Na metade da etapa, um novo jab de Strickland balançou o mineiro. O brasileiro sentiu o momento e buscou uma queda, defendida pelo ex-campeão. Com o passar do tempo, o norte-americano evoluía na luta, enquanto o brasileiro dava sinais de cansaço.

No quarto assalto, Strickland liderava as ações e pontuava com chutes, jabs e diretos. Borrachinha acusava dores na perna direita. O brasileiro mancava pelo octógono e pisava com dificuldade. Strickland continuava caminhando na direção do mineiro e controlava o embate. O volume de golpes de Sean ampliava a vantagem do ex-campeão. O quarto round seguia com Strickland cauteloso, mas com amplo domínio no plano de jogo.

O último round começou com os atletas trocando ataques no centro do octógono. Borrachinha tentava minimizar as ações anteriores do norte-americano. Na metade da etapa, os jabs de Sean voltaram a entrar limpos no rosto do brasileiro. Nos segundos finais, Borrachinha foi à lona após receber um chute alto de Strickland, mas não havia mais tempo.

Resultados do UFC 302

CARD PRINCIPAL

Peso leve (até 70,3 kg): Islam Makhachev finalizou Dustin Poirier com uma guilhotina a 2m42s do R5 – luta pelo cinturão

Peso médio (até 83,9 kg): Sean Strickland derrotou Paulo Borrachinha na decisão dividida dos juízes (49-46, 50-45, 49-46)

Peso meio-médio (até 77,1 kg): Kevin Holland finalizou Michal Oleksiejczuk com uma chave de braço a 1m34s do R1

Peso meio-médio (até 77,1 kg): Niko Price derrotou Alex Morono na decisão dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

Peso meio-médio (até 77,1 kg): Randy Brown derrotou Elizeu Capoeira na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 29-28)

CARD PRELIMINAR

Peso médio (até 83,9 kg): Roman Kopylov derrotou César Almeida na decisão dividida dos juízes (29-28, 28-29. 30-27)

Peso pesado (até 120,2 kg): Jailton Malhadinho finalizou Alexandr Romanov com um mata-leão a 2m27s do R1

Peso leve (até 70,3 kg): Grant Dawson derrotou Joe Solecki na decisão unânime dos juízes (29-28, 30-27, 30-27)

Peso meio-médio (até 77,1 kg): Jake Matthews derrotou Phil Rowe na decisão unânime dos juízes (29-28, 29-28, 30-27)

Peso meio-médio (até 77,1 kg): Bassil Hafez derrotou Mickey Gall na decisão unânime dos juízes (30-27, 30-27, 29-28)

Peso galo (até 61,2 kg): Ailin Perez derrotou Joselyne Edwards na decisão unânime dos juízes (30-27, 29-28, 29-28)

Peso mosca (até 56,7 kg): André Lima derrotou Mitch Raposo na decisão dividida dos juízes (30-27, 28-29, 30-27).

Do Super Lutas.

Nenhum comentário
500 caracteres restantes.
Comentar
Mostrar mais comentários
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou que contenham palavras ofensivas.