Moraes mantém prisão preventiva do caminhoneiro Zé Trovão

O ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), negou um pedido para revogar a prisão preventiva do caminhoneiro Marcos Antônio Pereira Gomes, conhecido como Zé Trovão.

A solicitação tinha sido feita pela defesa do investigado, que alegou “desejo generalizado de diminuir a temperatura do debate político nacional, sendo a revogação da prisão preventiva” cliente fundamental para tal objetivo.

No despacho, o magistrado afirmou que Zé Trovão está em condição de foragido, pois não se apresentou às autoridades policiais. Além disso, o ministro destacou que o investigado solicitou pedido de aílo político no México, o que deixa claro que ele não pretende retornar ao Brasil para cumprir ordens judiciais. 

Do R7.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Previous post Homem é preso em flagrante por envenenar ex-namorada no extremo-sul da Bahia
Next post Idosa se salvou de incêndio no Cabula após latidos de cadela da família