Categories: Geral

PGR defende liberdade do deputado Daniel Silveira e recomenda tornozeleira eletrônica

A Procuradoria Geral da República (PGR), manifestou parecer favorável à soltura do deputado Daniel Silveira (PSL), preso após fazer apologia à ditadura militar, ao AI-5, e ter ameaçado ministros do Supremo Tribunal Federal.

A prisão do deputado foi determinada pelo ministro do STF Alexandre de Moraes no dia 16 de fevereiro. No dia seguinte, o plenário do Supremo confirmou a decisão por unanimidade. Em 19 de fevereiro, a Câmara dos Deputados decidiu, por 364 votos a 130, manter o parlamentar preso.

A PGR recomendou que o deputado seja solto, mas faça uso de tornozeleira eletrônica e fique longe do STF.

Segundo a Procuradoria, “a expedição de mandado de monitoração eletrônica, com área de inclusão limitada à sua residência ou domicílio, bem como a imposição de afastamento do edifício-sede do Supremo Tribunal Federal, são medidas que evitariam novas intercorrências”.

Fonte: Portal Varela Notícias.

F. Silva

Recent Posts

Moro: “Quem recebeu suborno é que está criminalizando a política”

Na mesma live com empresários em que disse ter não interesse pessoal na anulação das…

6 horas ago

Moraes pede vista e suspende julgamento de decretos de armas

O ministro Alexandre de Moraes, do STF (Supremo Tribunal Federal), pediu vista e suspendeu nesta…

6 horas ago

Rival de Josiane Nunes estoura balança em quase 4kg. e brasileira tem estreia cancelada no UFC Vegas 24

Má notícia para a torcida brasileira. A francesa Zarah Fairn, que enfrentaria Josiane Nunes em…

7 horas ago

Carmén Lúcia dá 5 dias para Lira se manifestar sobre prazos de abertura de impeachment

A ministra do Supremo Tribunal Federal Cármen Lúcia determinou que o presidente da Câmara, Arthur…

7 horas ago

Deputado Tito participa de audiência com o Secretário Nacional de Radiodifusão em defesa de novas concessões para o Oeste

Nesta quinta-feira (15/04), o deputado federal Tito, participou de uma audiência por videoconferência com o…

8 horas ago

Homem é assassinado a tiros após sair da cadeia em LEM

Um homem identificado por Sivonaldo Gomes de Souza, de 32 anos de idade, vulgo Índio,…

15 horas ago